Reforma administrativa será debatida segunda-feira na Alerj

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

PEC 32, que prevê a reformulação do serviço público, tramita na comissão especial da Câmara dos Deputados

A pedido do deputado federal Paulo Ramos (PDT-RJ), a Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analisa PEC 32 (reforma administrativa), fará na segunda-feira (16) seminário regional-RJ para debater os impactos da reforma para o servidor e para o serviço público, consequentemente para a população.”

A PEC 32 não contempla os interesses do povo brasileiro marcado pela exclusão. Não é somente o corte de direitos dos servidores, é a precarização do serviço público, é a transferência para iniciativa privada de responsabilidade pública. A PEC 32 tem que ser rejeitada”, opina o parlamentar.

O seminário será realizado em dois turnos, das 9h às 12h (presencial e virtual) e das 13h às 17h (virtual), na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).No encontro, serão debatidos temas como educação, saúde e segurança pública no contexto da reforma administrativa. É esperada a presença de parlamentares e  representantes do funcionalismo. 

Site do Jornal O Dia

2 comentários em “Reforma administrativa será debatida segunda-feira na Alerj”

  1. Joao Bosco Barbosa dos Santos

    @ArthurLira_ #pec32nao a pessoa estuda até quase explodir, garante uma vaga, trabalha sob pressão e ameaça de P.A, zero reajuste, fica velho. Em vez da paz da aposentadoria vem o golpe das deformas, confisco de proventos e promessa de uma vida precaria!

  2. Esse governadir é muito cará de pau deu para ele e seus puxa sacis aumento assim que assumiu e is funcionários públicos a 7 ânos sem reposição salarial e aind tem o assalto previdenciário eu queria saber o porque desta raiva dis servidores ou e inveja pq os servidores são concursados e ele nem eleito foi .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Endereço do Gabinete em Brasília
Endereço do Escritório no Rio de Janeiro