Projeto permite contar em dobro o tempo de serviço para policial e servidor da saúde em pandemia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Medida também poderá valer para militares das Forças Armadas, bombeiros militares e agentes prisionais

O tempo de serviço exercido por militares das Forças Armadas, policiais civis e militares, bombeiros militares, agentes de segurança prisionais e servidores da área de saúde (federais, estaduais ou municipais) poderá ser contado em dobro durante o período de pandemia. É o que prevê o Projeto de Lei 4024/20 do deputado federal Paulo Ramos (PDT-RJ).

O parlamentar justifica que os profissionais beneficiados pelo projeto, por atuarem em contato permanente com a população, estão sob constante risco de vida e são os mais suscetíveis ao estresse do trabalho sob condições adversas.

“A recomendação de isolamento cria um paradoxo em relação aos profissionais que são obrigados a manter presença diária nos locais de trabalho. Além de colocar a vida, há o desgaste emocional. É necessário compensar esses valorosos servidores e essa é uma forma de reconhecimento”, afirma Paulo Ramos.

De acordo com a proposta, a contagem em dobro também valerá para outras verbas salariais, como triênios, quinquênios, licenças-prêmio, mesmo que sua concessão tenha efeitos financeiros a partir do término do período da pandemia. “É necessário que os servidores beneficiados pelo projeto pressionem os deputados para que entre na pauta de votação e seja aprovado”, afirma o parlamentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Endereço do Gabinete em Brasília
Endereço do Escritório no Rio de Janeiro