Paulo Ramos sugere suspender pregões do mercado financeiro por 120 dias

Preocupado com as perdas de investidores e a saúde dos operadores do mercado financeiro, o deputado Paulo Ramos (PDT-RJ) propôs suspender os pregões de ações e títulos futuros por 120 dias (PL 1498/20). A proposta assegura que os títulos já negociados permanecem garantidos pelas instituições expedidoras.

Paulo Ramos argumenta que, desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia de coronavírus, a Bovespa “acumula recordes de perdas”. O deputado lembra quem, em 23 de março, a bolsa brasileira “chegou a fechar com 63.569 pontos, em contraste com os 119.527 pontos de dois meses antes”.

Diante disso, defende ser necessário suspender os pregões do mercado financeiro para preservar a vida dos trabalhadores do setor e de pessoas com quem tenham contato, e “conter a tendência desenfreada de queda dos ativos, tendência causada majoritariamente por movimentos de especulação”.

Mais Notícias

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on whatsapp
Compartilhe no Whatsapp
Share on telegram
Compartilhe no Telegram
Share on email
Compartilhe no E-mail
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest
Share on google
Compartilhe no Google+

Deixe um Comentário

1 comentário em “Paulo Ramos sugere suspender pregões do mercado financeiro por 120 dias”

  1. Velho imbecil, a bolsa já caiu oq tinha que cair e agora vc me vem com esse projeto pra atrapalhar ainda mais a subida das ações?? Vai estudar ignorante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *