DEPUTADO FEDERAL PAULO RAMOS (PDT/RJ) PEDE AO GOVERNADOR WITZEL QUE VALORIZE O PESSOAL DA SAÚDE NO COMBATE AO COVID-19 E IMPLEMENTE O PCCS.

Em reunião com o governador Wilson Witzel e a bancada federal do Rio de Janeiro, no dia 20/03, o deputado federal Paulo Ramos (PDT/RJ) defendeu a implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) do pessoal da saúde do Estado do Rio de Janeiro.

O plano foi aprovado em 2018 e até hoje não foi cumprido. “Os profissionais de saúde do Rio de Janeiro estão se dedicando ao máximo neste momento delicado da pandemia do coronavírus, se arriscando e colocando até seus familiares em risco.

Existe uma verdadeira abnegação de todos contando, inclusive, com a ajuda dos aposentados que fazem parte do grupo de risco, em ajudar a cuidar da população.

Pedi ao governador que neste momento é fundamental reconhecer todo o esforço do pessoal da saúde e implantar o PCCS” – falou Paulo Ramos.

5 comentários em “DEPUTADO FEDERAL PAULO RAMOS (PDT/RJ) PEDE AO GOVERNADOR WITZEL QUE VALORIZE O PESSOAL DA SAÚDE NO COMBATE AO COVID-19 E IMPLEMENTE O PCCS.

  • 25 de março de 2020 em 12:46
    Permalink

    Obrigado deputado Paulo Ramos, eu sempre votei no senhor desde do tempo do Vivaldo Barbosa. Espero que o senhor consiga com os outros deputados que o governador comece a pagar o plano de cargos e salários da saúde que é Lei, porque com esse salário e 100 reais de insalubridade, sem vale transporte que é Lei estamos pagando para trabalhar . Obrigado deputado.

    Resposta
  • 25 de março de 2020 em 13:01
    Permalink

    Em primeiro lugar agradeço seu posicionamento, sempre buscando justiça aqueles que trabalham, principalmente a saúde do RJ, reforço sua fala com fatos que a sociedade embora nos últimos dias reconhecendo o nosso valor, mas desconhecem que a grande maioria hoje de plantão nos hospitais são senhores e senhoras com mais de 60anos de idade, médicos enfermeiros profissionais de todos os setores que mantém um hospital funcionando, sempre aguerridos e incansáveis cumprindo integralmente suas escalas de serviço devotando toda experiência adquirida na carreira em prol daque que sempre teve a certeza de que nos estamos lá quando sua aflição foi maior, esse povo que em momento algum o abandonamos.
    Grato por estar sempre presente em nossas lutas, e esteja certo que venceremos essa batalha.

    Resposta
  • 25 de março de 2020 em 13:51
    Permalink

    Estamos precisando,de ajuda mesmo!Nós queremos as nossas 30 horas,enfermagem não tem!Médico e fisioterapeuta já tem!A única coisa que estamos ganhando com essa doença,é aumento de serviço e correndo risco de nós contaminar e contaminar nossa família!Precisamos,ser valorizados!

    Resposta

Deixe uma resposta para Adila Licurgo de Abreu Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe: