Ato contra as privatizações marca os 67 da Petrobras

O deputado federal Paulo Ramos (PDT) participou, no último sábado (03/10), dia em que a Petrobras completou 67 anos de existência, de ato contra as privatizações e a reforma administrativa propostas pelo governo federal, em frente à sede da Estatal, no centro do Rio. Intitulado, o “Dia Nacional de Luta em Defesa do Patrimônio do povo Brasileiro”, foram realizados protestos (presenciais e virtuais) por todo o país.

O ato representa a luta em defesa das empresas públicas de todos setores – petróleo, bancos públicos, correios, eletricidade, saneamento, etc, que estão sob ameaça de extinção ou de privatização total ou parcial (venda de subsidiárias ou ações). “A privatização de empresas estratégicas tira a autonomia do País e o deixa cada vez mais dependente do mercado estrangeiro. Coloca em risco a soberania nacional. A luta é contra esse governo entreguista, lacaio, vende-pátria”, destaca Paulo Ramos.

A Federação Única dos Petroleiros e sindicatos intensificam a luta contra as privatizações. A mobilização visa dialogar com a população sobre a importância da preservação das empresas públicas para o crescimento do País.

Mobilização
Mais de 50 entidades, entre elas as duas Federações que representam os trabalhadores do setor (FUP e FNP), o Fórum das Centrais Sindicais, movimentos sindical e social, artistas, parlamentares participam dos atos. Trabalhadores de outras estatais como Correios, Eletrobrás, Dataprev, Nuclep e da Fiocruz somaram-se aos atos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on whatsapp
Compartilhe no Whatsapp
Share on telegram
Compartilhe no Telegram
Share on email
Compartilhe no E-mail
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest
Share on google
Compartilhe no Google+

Deixe um Comentário