Ato contra as privatizações marca os 67 da Petrobras

O deputado federal Paulo Ramos (PDT) participou, no último sábado (03/10), dia em que a Petrobras completou 67 anos de existência, de ato contra as privatizações e a reforma administrativa propostas pelo governo federal, em frente à sede da Estatal, no centro do Rio. Intitulado, o “Dia Nacional de Luta em Defesa do Patrimônio do povo Brasileiro”, foram realizados protestos (presenciais e virtuais) por todo o país.

O ato representa a luta em defesa das empresas públicas de todos setores – petróleo, bancos públicos, correios, eletricidade, saneamento, etc, que estão sob ameaça de extinção ou de privatização total ou parcial (venda de subsidiárias ou ações). “A privatização de empresas estratégicas tira a autonomia do País e o deixa cada vez mais dependente do mercado estrangeiro. Coloca em risco a soberania nacional. A luta é contra esse governo entreguista, lacaio, vende-pátria”, destaca Paulo Ramos.

A Federação Única dos Petroleiros e sindicatos intensificam a luta contra as privatizações. A mobilização visa dialogar com a população sobre a importância da preservação das empresas públicas para o crescimento do País.

Mobilização
Mais de 50 entidades, entre elas as duas Federações que representam os trabalhadores do setor (FUP e FNP), o Fórum das Centrais Sindicais, movimentos sindical e social, artistas, parlamentares participam dos atos. Trabalhadores de outras estatais como Correios, Eletrobrás, Dataprev, Nuclep e da Fiocruz somaram-se aos atos.

Mais Notícias

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on whatsapp
Compartilhe no Whatsapp
Share on telegram
Compartilhe no Telegram
Share on email
Compartilhe no E-mail
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest
Share on google
Compartilhe no Google+

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *