Afonso Motta, Paulo Ramos e Eduardo Bismarck integram a comissão que analisa prisão após segunda instância

Os deputados pedetistas Afonso Motta (RS)Paulo Ramos (RJ) e Eduardo Bismarck, do Estado do Ceará, foram os indicados pelo líder do partido na Câmara, André Figueiredo (CE), para compor a comissão especial que vai analisar a proposta que permite a prisão após a condenação em segunda instância (PEC/19).

O colegiado vai ser instalado nesta quarta-feira (4), 11 horas, no plenário 8. Na reunião deverá ser eleito o presidente, que designará o relator, e os vice-presidentes da comissão. A PEC é de autoria do deputado Alex Manente.

A admissibilidade da proposta foi aprovada Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) no último dia 20 de novembro.

Ascom Lid./PDT

Fonte: Site do PDTNACAMARA

Mais Notícias

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on whatsapp
Compartilhe no Whatsapp
Share on telegram
Compartilhe no Telegram
Share on email
Compartilhe no E-mail
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest
Share on google
Compartilhe no Google+

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *